terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Rádio e TV - Escutar Online

A Rádio foi sempre um meio de comunicação acessível a um grande número de cidadãos em todo o Mundo.
Uma pequena caixa consegue sintonizar FM (Frequência Modulada), MW (Onda Média), SW (Onda Curta) e LW (Onda Longa).

De todas estas bandas, sobreviveu o FM, que é o meio de radiodifusão mais utilizado em todo o Mundo.
Também se escuta através de antenas parabólicas, telemóvel e outros meios,  mas a Internet é cada vez mais utilizada.
Quer se trate de computadores "fixos", portáteis, tablets ou outros aparelhos, a Internet está sempre presente.

É possível escutar as estações de rádio ou ver os canais de televisão diretamente através dos "sites" das respetivas emissoras, ou recorrer a "sites" que se especializam na retransmissão daquelas estações e canais.
É o caso da lista que apresentamos a seguir.

http://www.RadioRage.com

http://www.TelevisionFanatic.com

http://radioradio7.com

http://tunein.com

http://worldlinkcentre.com

http://grooveshark.com

http://www.surfmusic.de

http://www.deezer.com

http://www.streamzy.com

http://finetune.com

http://blip.fm/

http://www.local.com

http://www.live365.com/

http://www.onellama.com

http://pt.delicast.com/

http://www.karibufm.com

http://www.peacefmonline.com

http://www.streamingthe.net

http://www.onlineradiostations.com


















segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Mensagens de Boas Noites do Rádio Clube de Moçambique

Esta era a Mensagem de Boas Noites do Rádio Clube de Moçambique, por Manuela Arraiano

http://www.lmradio.org/Sounds/RCM_Goodnight_Message_Manuela%20Arraiano.mp3




E  havia também a versão de David Davies na LM Radio 

http://www.youtube.com/watch?v=HE7cS_r96AQ

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

António Costa analisa a situação portuguesa

São atribuídas a António Costa, presidente da câmara municipal de Lisboa, as seguintes afirmações, produzidas no programa "Quadratura do Círculo", transmitido pela SIC TV em 29 de Novembro de 2012:


«A situação a que chegámos não foi uma situação do acaso. A União Europeia financiou durante muitos anos Portugal para Portugal deixar de produzir; não foi só nas pescas, não foi só na agricultura, foi também na indústria, por ex. no têxtil. Nós fomos financiados para desmantelar o têxtil porque a Alemanha queria (a Alemanha e os outros países como a Alemanha) queriam que abríssemos os nossos mercados ao têxtil chinês basicamente porque ao abrir os mercados ao têxtil chinês eles exportavam os teares que produziam, para os chineses produzirem o têxtil que nós deixávamos de produzir.
E portanto, esta ideia de que em Portugal houve aqui um conjunto de pessoas que resolveram viver dos subsídios e de não trabalhar e que viveram acima das suas possibilidades é uma mentira inaceitável.
Nós orientámos os nossos investimentos públicos e privados em função das opções da União Europeia: em função dos fundos comunitários, em função dos subsídios que foram dados e em função do crédito que foi proporcionado. E portanto, houve um comportamento racional dos agentes económicos em função de uma política induzida pela União Europeia. Portanto não é aceitável agora dizer? podemos todos concluir e acho que devemos concluir que errámos, agora eu não aceito que esse erro seja um erro unilateral dos portugueses. Não, esse foi um erro do conjunto da União Europeia e a União Europeia fez essa opção porque a União Europeia entendeu que era altura de acabar com a sua própria indústria e ser simplesmente uma praça financeira. E é isso que estamos a pagar!
A ideia de que os portugueses são responsáveis pela crise, porque andaram a viver acima das suas possibilidades, é um enorme embuste. Esta mentira só é ultrapassada por uma outra. A de que não há alternativa à austeridade, apresentada como um castigo justo, face a hábitos de consumo exagerados. Colossais fraudes. Nem os portugueses merecem castigo, nem a austeridade é inevitável.
Quem viveu muito acima das suas possibilidades nas últimas décadas foi a classe política e os muitos que se alimentaram da enorme manjedoura que é o orçamento do estado. A administração central e local enxameou-se de milhares de "boys", criaram-se institutos inúteis, fundações fraudulentas e empresas municipais fantasma. A este regabofe juntou-se uma epidemia fatal que é a corrupção. Os exemplos sucederam-se. A Expo 98 transformou uma zona degradada numa nova cidade, gerou mais-valias urbanísticas milionárias, mas no final deu prejuízo. Foi ainda o Euro 2004, e a compra dos submarinos, com pagamento de luvas e corrupção provada, mas só na Alemanha. E foram as vigarices de Isaltino Morais, que nunca mais é preso. A que se juntam os casos de Duarte Lima, do BPN e do BPP, as parcerias público-privadas 16 e mais um rol interminável de crimes que depauperaram o erário público. Todos estes negócios e privilégios concedidos a um polvo que, com os seus tentáculos, se alimenta do dinheiro do povo têm responsáveis conhecidos. E têm como consequência os sacrifícios por que hoje passamos.
Enquanto isto, os portugueses têm vivido muito abaixo do nível médio do europeu, não acima das suas possibilidades. Não devemos pois, enquanto povo, ter remorsos pelo estado das contas públicas. Devemos antes exigir a eliminação dos privilégios que nos arruínam. Há que renegociar as parcerias público--privadas, rever os juros da dívida pública, extinguir organismos... Restaure-se um mínimo de seriedade e poupar-se-ão milhões. Sem penalizar os cidadãos.
Não é, assim, culpando e castigando o povo pelos erros da sua classe política que se resolve a crise. Resolve-se combatendo as suas causas, o regabofe e a corrupção. Esta sim, é a única alternativa séria à austeridade a que nos querem condenar e ao assalto fiscal que se anuncia."»

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

domingo, 20 de janeiro de 2013

CAN 2013 - Abertura sem Golos

A Taça das Nações Africanas teve o seu início neste sábado, 19 de Janeiro e os quatro jogos do Grupo "A" terminaram sem abertura de contagem:

África do Sul - 0 - 0 - Cabo Verde
Angola - 0 - 0 - Marrocos

Segundo a imprensa sul-africana, os Bafana Bafana desapontaram ao empatar com os Tubarões Azuis na partida de abertura, naquilo que chamaram um "jogo sem brilho".





Na outra partida,os Palancas Negras não fizeram melhor frente à selecção do Norte de África.
No entanto, o Jornal de Angola afirma que "Empate alimenta o sonho".




sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

18 DE JANEIRO DE 1934


Ouve-se e lê-se com alguma frequência que o 18 de Janeiro foi um “episódio anarco-sindicalista”.
Parece, no entanto, que foi mais do que isso, pelo envolvimento que teve de, pelo menos, quatro forças:
- Confederação Geral do Trabalho, Comissão Intersindical, Federação Autónoma Operária, além dos chamados Sindicatos Autónomos.
Estas quatro entidades constituíam o Comité de Unidade Anti-Fascista, que surgiu como reação à formação dos “sindicatos nacionais” do Estado Novo em 1933, que se opunha e pretendia acabar com os sindicatos livres.
O momento para a greve geral do 18 de Janeiro foi mal ponderado, porque se atravessava um período menos bom para o movimento sindical, devido principalmente à divisão que se verificava entre as diversas forças (irreconciliáveis), que se opunham à ditadura saída do golpe do 28 de Maio de 1926  – a oposição republicana democrática e liberal, o comunismo e o anarco-sindicalismo.
Bento Gonçalves, do PCP (fundado em 1921), também achava que não estavam reunidas as condições para se desencadear o movimento grevista. Na verdade, além dos acontecimentos da Marinha Grande, onde se proclamou um “soviete”, apenas se registaram ações isoladas: a explosão da Central Elétrica de Coimbra, a sabotagem na Fábrica de Braço de Prata, o corte de comunicações telefónicas em algumas cidades e o descarrilamento de um comboio na Póvoa de Santa Iria, concelho de Vila Franca de Xira.
Tudo uma “anarqueirada”, como diria depois a direção do PCP, ao confirmar o fracasso do movimento.
O Estado Novo aproveitou para consolidar posições contra o movimento operário e sindical livre, através da PVDE (Polícia de Vigilância e de Defesa do Estado), antepassada da PIDE: prisões em massa, deportações e outras ações punitivas, além da dispersão do Partido Comunista.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Guerra no Mali - Jornais Franceses

Portada de Le Monde (France)

Portada de La Croix (France)

Portada de Libération (France)

Portada de Aujourd'hui en France (France)

Portada de La Dépêche du Midi (France)

TABELAS DE RETENÇÃO NA FONTE PARA O CONTINENTE - 2013

http://mediaserver2.rr.pt/NEWRR/tabelas-irs12926b53.pdf

Diário da República, 2.ª série — N.º 9 — 14 de janeiro de 2013 


TABELAS DE RETENÇÃO NA FONTE
PARA O CONTINENTE - 2013

http://mediaserver2.rr.pt/NEWRR/tabelas-irs12926b53.pdf

Imposto Reformados perdem 1.550 euros com taxa de solidariedade

FONTE: NOTÍCIAS AO MINUTO
http://www.noticiasaominuto.com/economia/24707/reformados-perdem-1-550-euros-com-taxa-de-solidariedade#.UPUa8x29Sot

O Estado vai ter um encaixe anual de cerca de 421 milhões de euros com a taxa de solidariedade aplicada a todas as reformas superiores a 1.350 euros. No total, cada reformado vai entregar mais 1.550 euros por ano aos cofres do Estado, noticiam esta sexta-feira o Diário de Notícias e o Jornal de Notícias.


As reformas superiores a 1.350 euros vão pagar uma taxa de solidariedade que vai resultar no encaixe para o Estado de cerca de 421 milhões de euros por ano, escrevem hoje o Diário de Notícias e o Jornal de Notícias.

A Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) vai aplicar-se a um universo de 77.448 reformados no Centro Nacional de Pensões e 194.779 da Caixa Geral de Aposentações, o equivalente a 8% do total dos pensionistas.

Feitas as contas, e cada reformado vai contribuir com mais 1.550 euros anuais para o Estado.
A taxa prevista resultará num corte que vai oscilar entre os 3,5% e os 10% nas pensões entre os 1.350 euros e os 3.750 euros, e de 10% sobre todas as reformas superiores aos 3.750 euros.
Até agora, a taxa contributiva de solidariedade só era paga por quem tinha pensões acima dos 5.000 euros mensais, mas vai passar, a partir de Janeiro, a aplicar-se a todos os reformados cuja soma das várias pensões exceda os 1.350 euros. 

FONTE: NOTÍCIAS AO MINUTO
http://www.noticiasaominuto.com/economia/24707/reformados-perdem-1-550-euros-com-taxa-de-solidariedade#.UPUa8x29Sot

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

RADIOS ONLINE


RÁDIOS ON LINE
"Links" diretos para rádios

Channel Africa (antiga Rádio RSA)
Emissões em Português: 14.00-15.00 e 19.00-20.00 (horas de Lisboa)

CAN 2013



SOUTH AFRICA (RADIO CHANNEL AFRICA)

You can now listen to Channel Africa live anywhere in the World via streaming audio! Channel Africa is broadcast on the internet using Adobe Flash.
For our 24/7 broadcast in English, Silozi, Chinyanja, Portuguese, Swahili and French,CLICK HERE!
HORAS DE LISBOA
English – 00h00 – 12h00;
Portuguese – 14h00 – 15h00;
English – 15h00 – 18h00;
French – 16h00 – 16h55;
Portuguese – 19h00 – 20h00
English – 20h00 – 22h00














BBC World Service (24 horas por dia em Inglês, porque a emissão em língua portuguesa terminou em 25 de Fevereiro de 2011)


Radio France International (em Francês)

Radio France International em língua portuguesa
Emissões de 15 minutos às 16.00. 17.00, 18.00 e 19.00 (horas de Lisboa)
Clicar depois em "Escutar RFI" à direita da página, numa barra vermelha.


Voz da Alemanha (Deutsche Welle) em língua portuguesa
Emissões de meia hora às 05.30 e 19.30 (hora de Lisboa), que podem ser ouvidos a qualquer hora em


Escuta de estações de radiodifusão:






No entanto, estes são os "sites" que eu mais utilizo:




Para escutar estações de rádio de Moçambique, por favor clique em:

Rádios de Angola: 

De Cabo Verde:


Estações de rádio internacionais, que transmitiam em Onda Curta:

- 18 emissoras da BBC, incluindo o World Service (antiga Onda Curta):
É só escolher e clicar em   http://www.bbc.co.uk/radio/#stations

- Rádio França Internacional

- Voz da Alemanha:

domingo, 13 de janeiro de 2013

72 Links Para Quem Trabalha com Palavras

 
  1. Dicionário de símbolos;
  2. Dicionário da Língua Portuguesa;
  3. UOL Educação;
  4. Dicionário de Francês;
  5. Palavra do Dia;
  6. Academia Brasileira de Letras;
  7. American Sign Language – ASL;
  8. Cambridge Dictionaries Online - Cambridge University Press;
  9. Conjuga-me;
  10. DeltCi - Dicionário Eletrônico de Terminologia em Ciência da Informação;
  11. Definr - Incredibly fast dictionary;
  12. Dicionário Aurélio Online;
  13. Dicionário Espírita Online;
  14. Dicionário Online de Japonês da Yamasa;
  15. Dicitionary and Thesaurus - Merriam-Webster Online;
  16. Dictionary.com;
  17. Dictionary.hm - Free Online Dictionary;
  18. Fazfacil - Dicionários;
  19. Forvo: the pronuncioation guide;
  20. I love languages - Your guide do languages on the web;
  21. Lexikon - iDicionário Aulete.
  22. Lingro;
  23. Longman Online;
  24. Macmillan Online;
  25. Meus dicionários;
  26. Mondofacto word tools;
  27. ODLIS: Online Dictionary for Labrary and Information Science;
  28. Onelook Diciotionary Search;
  29. Overhyped;
  30. Redefine the dictionary - wordia;
  31. Save the words;
  32. Wordfind - site para identificar anagramas;
  33. 9 maneiras de detectar plágio em textos e documentos;
  34. Biographical Dictionary - Breves biografias com nome, profissão e datas de nascimento e morte de 28 mil personalidades;
  35. Biography.com - Biografias de 25 mil personagens históricos e do presente, contendo a data de nascimento de cada um deles;
  36. Bushido Online - Apresenta um glossário com termos relacionados às artes marciais; bushido significa à maneira do guerreiro;
  37. Catholic Encyclopedia - Versão digital de uma extensa enciclopédia sobre o catolicismo publicada no início do século XX;
  38. Enciclopédia Portuguesa de Direitos Humanos - Compilação de textos jurídicos sobre o tema e sobre o papel das Nações Unidas e da União Europeia;
  39. Encyclopaedia Britannica - Contém os 32 volumes dessa enciclopédia. O conteúdo completo é pago;
  40. Encyclopaedia of the First World War - Contém batalhas, heróis, armas, cronologia, estatísticas e até táticas da Primeira Guerra Mundial;
  41. Encyclopedia.com - Apresenta 57 mil verbetes da sexta edição da Columbia Encyclopedia. Links levam a textos de revistas e jornais e a ilustrações;
  42. Encyclopedia Mithica - Especializado em mitologia, este site define deuses, seres supernaturais, monstros e outras lendas;
  43. Fact Monster - Almanaque, atlas, dicionário e enciclopédia em formato adequado para crianças. Em inglês;
  44. Guinness World Records - Alguns dos recordes mundiais do célebre almanaque Guinness;
  45. Instrument Encyclopedia - Interessante iniciativa, com fotos e explicações sobre instrumentos de todo o mundo;
  46. Internet Archive - Dedicado a registrar a evolução da Internet, este catálogo já possui mais de 10 bilhões de páginas;
  47. Information Please - Reúne almanaques sobre áreas variadas, como ciência, esportes e história;
  48. JewishEncyclopedia.com - Enciclopédia judaica com cerca de 15 mil verbetes escritos entre 1901 e 1906;
  49. Mithos - Em português, traz personagens mitológicos africanos, árabes, greco-romanos, entre outros;
  50. Ponteiro - Fácil de usar, este guia indica fatos importantes que aconteceram em cada dia do ano;
  51. Portugal – Dicionário Histórico - Apresenta fatos e pessoas importantes na história de Portugal. Em sete volumes organizados entre 1904 e 1915;
  52. Quotations Page - Reúne cerca de 18 mil citações de 2.300 romancistas, pensadores e políticos, organizadas por autor ou assunto;
  53. Skeptic’s Dictionary - Apresenta crenças e ideias fornecendo dicas de como pensar criticamente sobre elas; 
  54. Symantec Security Response - Enciclopédia de vírus digitais e alarmes falsos. Oferece dicas de como identificá-los e precaver-se;
  55. Symbols.com - Mostra e explica mais de 2.500 símbolos, de ideogramas da Antiguidade ao ejetar do videocassete;
  56. The Devil’s Dictionary - Discorre sobre os termos relacionados com uma visão politicamente incorreta. O texto original foi escrito em 1911;
  57. Webopedia - Dicionário de informática e tecnologia da informação que também indica links para obter mais informações;
  58. Acronym Finder - Oferece o significado de siglas e acrônimos, principalmente em inglês;
  59. Allwords.com - Procura palavras pelo início ou pelo fim em inglês, holandês, francês, alemão, italiano e espanhol;
  60. Das Deutsche Wörterbuch - Dicionário de alemão, indicado para quem já fala o idioma;
  61. Dicionário de Gírias - Organizado por edições, este site explica termos da linguagem oral e abre espaço para internautas contribuírem com novos vocábulos;
  62. Dicionário Libras - Reúne animações ensinando a realizar cerca de 700 gestos da linguagem brasileira de sinais;
  63. FreeTranslation.com - Traduz, rapidamente, textos de até 10 mil caracteres e páginas da Internet;
  64. Dictionary.com - Dicionário e tesauro de inglês, bastante completo, com conteúdo de 11 fontes;
  65. Garzanti Linguistica - Dicionário de italiano, traduz termos para o inglês;
  66. LEO English German Dictionary - Dicionário inglês-alemão, útil também para descobrir o gênero dos termos pesquisados;
  67. Michaelis - Dicionário de língua portuguesa, útil também para compreender algumas regras ortográficas;
  68. OneLook - Afirma ser capaz de localizar mais de 6 milhões de termos em 954 dicionários catalogados;
  69. The American Heritage Dictionary - Apresenta definições. Destaque para áudio com pronúncia em inglês;
  70. Travlang - Encontra tradutores para idiomas como esperanto, sueco e holandês;
  71. Wordsmyth - Encontre palavras por aproximação. Este dicionário possui versão para crianças, que indica palavras relacionadas;
  72. YourDictionary.com - Além de definir termos em inglês, traz indicações de centenas de dicionários de outros idiomas.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

CAN 2013 - TAÇA DAS NAÇÕES AFRICANAS EM FUTEBOL

TAÇA AFRICANA DAS NAÇÕES EM FUTEBOL - CAN 2013 - ÁFRICA DO SUL
DE 19 DE JANEIRO A 10 DE FEVEREIRO - CALENDÁRIO COMPLETO

em  http://www.cafonline.com/userfiles/file/Comp/CAN2013/Drawpdf.pdf

HORAS DE LISBOA


01. - África do Sul X Cabo Verde - Grupo "A" -  19/01/2013 - 16H00 - Johannesburg
02. - Angola X Marrocos - Grupo "A" - 19/01/2013 - 19H00 - Johannesburg
03. - Ghana X DR Congo - Grupo "B" - 20/01/2013 - 15H00 - Nelson Mandela Bay
04. - Mali X Niger - Grupo "B" 20/01/2013 - 18H00 - Nelson Mandela Bay
05. - Zambia X Etiópia - Grupo "C" - 21/01/2013 - 15H00 - Mbombela
06. - Nigéria X Burkina Faso - Grupo "C" - 21/01/2013 - 18H00 - Mbombela
07. - Costa do Marfim X Togo - Grupo "D" - 22/01/2013 - 15H00 - Rustenburg
08. - Tunísia X Argélia - Grupo "D" - 22/01/2013 - 18H00 - Rustenburg

09. - África do Sul X Angola - Grupo "A" - 23/01/2013 - 15H00 - Durban
10. - Morrocos X Cabo Verde - Grupo "A" - 23/01/2013 - 18H00 - Durban
11. - Ghana vs. Mali - Grupo "B" - 24/01/2013 - 15H00 - Nelson Mandela Bay
12. - Niger X DR Congo - Grupo "B" - 24/01/2013 - 18H00 - Nelson Mandela Bay
13. - Zambia X Nigeria - Grupo "C" - 25/01/2013 - 15H00 - Mbombela
14. - Burkina Faso X Etiópia - Grupo "C" - 25/01/2013 - 18H00 - Mbombela
15. - Costa do Marfim X Tunisia - Grupo "D" - 26/01/2013 - 15H00 - Rustenburg
16. - Argélia X Togo - Grupo "D" - 26/01/2013 - 18H00 - Rustenburg

17. - Marrocos X África do Sul - Grupo "A" - 27/01/2013 - 17H00 - Durban
18. - Cabo Verde X Angola - Grupo "A" - 27/01/2013 - 17H00 - Nelson Mandela Bay
19. - Niger X Ghana - Grupo "B" - 28/01/2013 - 17H00 - Nelson Mandela Bay
20. - DR Congo X Mali - Grupo "B" - 28/01/2013 - 17H00 - Durban
21. - Burkina Faso X Zâmbia - Grupo "C" - 29/01/2013 - 17H00 - Mbombela
22. - Etiópia X Nigéria - Grupo "C" - 29/01/2013 - 17H00 - Rustenburg
23. - Argélia X Costa do Marfim - Grupo "D" - 30/01/2013 - 17H00 - Rustenburg
24. - Togo X Tunisia - Grupo "D" - 30/01/2013 - 17H00 - Mbombela

QUARTOS DE FINAL
25. - 1º do Grupo "A" X 2º do Grupo "B" - 02/02/2013 - 18H30 - Durban
26. - 1º do Grupo "B" X 2º do Grupo "A" - 02/02/2013 - 15H00 - Nelson Mandela Bay
27. - 1º do Grupo "C" X 2º do Grupo "D" - 03/02/2013 - 18H30 - Mbombela
28. - 1º do Grpo "D" X 2º do Grupo "C" - 03/02/2013 - 15H00 - Rustenburg


MEIAS FINAIS
29. - Vencedor do Jogo 25 X Vencedor do Jogo 28 - 06/02/2013 - 15H00 - Durban
30. - Vencedor do Jogo 27 X Vencedor do Jogo 26 - 06/02/2013 - 18H30 - Mbombela


TERCEIRO LUGAR
31. - vencido do Jogo 29 X vencido do jogo 30 - 09/02/2013 - 18H00 - Nelson Mandela Bay


F I N A L
32. - Vencedor do Jogo 29 X Vencedor do Jogo 30 - 10/02/2013 - 18H00 - Johannesburg

ADDTHIS

https://www.addthis.com/bookmark.php?url=http%3A%2F%2Fmyboomerplace.com%2Fangels_r_real&title=angels_r_real%E2%80%99s%20Profile%20%C2%BB%20MyBoomerPlace.com%20-%20A%20Baby%20Boomer%20Community&pco=crx-200

AddThis is a free way to boost traffic back to your site by making it easier for visitors to share your content.

BEM VINDOS A INHAMBANE - PÁGINA EXTINTA

Os Inhambanenses tiveram durante algum tempo no MULTIPLY um ponto de encontro para troca de notícias e opiniões.

Este rede social, que existiu ao longo de nove anos tinha mais de treze milhões de utilizadores em todo o Mundo, foi extinta a 1 de Dezembro de 2012 e seguiu outros caminhos eventualmente mais proveitosos para os seus interesses.
Tentamos preservar alguns dos conteúdos da nossa página, indicando o "link" que lhe dá acesso:

http://inhambane.multiply.com/journal?&=&show_interstitial=1&u=%2Fjournal&page_start=0#

Distribuído por 311 secções (páginas) tem início a 13 de Novembro de 2001 com o nosso saudoso amigo Carlos Gonçalves, ainda inserido numa outra rede (MSN - Microsoft Network).

Conteúdos não acessíveis por este "link", podem ser encontrados mediante busca no "Google", por exemplo.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

BATALHA - NATAL 2012 - PRESÉPIO























ÓBIDOS VILA NATAL 2012

Esteve patente ao público, de 7 de Dezembro a 2 de Janeiro, a edição de 2012 de "Óbidos Vila Natal".

«Em Óbidos o tempo parou na torre que vigia a Vila e marca a fronteira entre o real e o imaginário. Quem se aventurar para lá da torre, aventura-se na descoberta dos mistérios de Oletsac.
Animais raros, estrelas e cometas, feiticeiros e rainhas do gelo, brincadeiras e descobertas… será um natal para descobrir em Óbidos.»

O "site" oficial da iniciativa está em  http://www.obidosvilanatal.pt/